Queremos com este trabalho dar a conhecer as nossas actividades e aventuras.

Será um espaço de partilha com os pais, os colegas e toda a comunidade educativa.

Este será o nosso portefólio digital.

Ficamos à espera da vossa visita.



quarta-feira, 28 de abril de 2010

Poemas para as mães

A poesia é para mim como as flores, dá cheiro e cor às palavras e por isso torna-as mais bonitas.
Deixo aqui alguns poemas que trabalhei com os Perlimpimpim, alguns deles não sei quem foi o autor.

"A estrela brilhou
E ficou a cintilar
Ficou anunciar
Que Virgem Maria
Em breve ia ser MÃE
Assim como tu és também!
Tu és Mãe, tão linda
És uma flor
No teu olhar meigo
Há doçura e calor.
Para ti querida mãe
Que me estás a escutar
Eu quero beijinhos mandar."
------
"No Jardim a Paula falou-me
que hoje era o teu dia Mãe!
Corri para casa
Fui ao mealheiro,
Não tinha dinheiro
e lembrei-me do jardim!
Corri e fui às flores
que são os meus amores
criados por ti!
Colhi uma
dei-lhe um beijinho
e logo à noitinha
quando chegares,
tens a prenda
tens-me a mim e tens o AMOR
que é a flor
do nosso jardim."
------
" Eu queria uns sapatos
Com asas nos saltos.
Batia com eles no chão
Trás, trás...
Eu subia ao céu
Por cima das nuvens
Por cima das serras
Por cima do mar...
Não para lá ficar
Mas para pedir ao céu,
Que tem tantas,
A estrela mais linda
Para dar à minha mãe!"
(Campos Oliveira)

2 comentários:

  1. Adorei os poemas principalmente o que fala da Paula. Bjs

    ResponderEliminar
  2. Olá, adoro poesia, gostei desta homenagem as mães, elas merecem. Abraços

    ResponderEliminar

Criei este espaço para partilhar o meu trabalho e as minhas ideias.
Fico contente por vos receber.
Comentários anónimos não serão publicados nem bem vindos.
Volte sempre.